Notícias importantes, e outras nem tanto assim…

Notícia importante:

A barbárie tomando conta da sociedade, em duas manchetes.

Do G1: Adolescente morre espancado após assaltar casa em João Pessoa.

Do Paraiba.com.br: Ladrão tenta roubar casa e é espancado até a morte pelos moradores.

Outra manchete possível: Assassinos lincham jovem até a morte.

Não deixa de ser um bocado demagogo, querer propor essa 3ª manchete, mas a impressão que fica, no mínimo, é que o assaltante mereceu a morte, que “bandido bom é bandido morto”… É engraçado, por exemplo, ver em transportes públicos de vários paises, o uso de cartão-passagem, claro, porque facilita bastante a logística do trabalho, aqui no Brasil a lógica é um pouco inversa… “Segundo a Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos, o bilhete eletrônico usado na maioria das grandes cidades brasileiras, e também em Campo Grande, ajuda a diminuir os assaltos.” Não há a preocupação com os usuários do transporte, e sim com os assaltos?! Como assim cara-pálida?

Pior que isso, ver que é um pensamento comum, principalmente entre o que imagino serem os envolvidos nessa notícia, adolescentes, mais sugestionáveis, e que aceitam mais facilmente paradigmas simples, a idéia de que “bandido bom é bandido morto” entra mais facilmente, até que ele mesmo se torna assassino… E agora?! Se matar? Ou mesmo matando ele não se tornaria assassino…???

Esse pensamento, e outros como esse, imperam nas mentes adolescentes, se a justiça der a punição cabível, de acordo com os acontecimentos, aos culpados pela morte, talvez o resto “dessa turma” específica de amigos, aprenda algo, e se não, pois nada, continuamos na barbárie. Aliás, o problema é bem maior, afinal, isso só resolveria o problema dessa turma, temos bem mais adolescentes no país, e esse povo, em algum momento vai ficar adulto. Com a educação que temos, recomendo a compra de suas armas, proteção pessoal vai ser cada vez mais, um problema bem objetivo, quando a classe média resolver matar por direito.

Marcelo Camelo fala um pouco sobre o assunto, sem a intimidade técnica, e por isso mesmo, acredito eu, com mais clareza:

E outra nem tanto assim:

Da BBC Brasil: Amante é condenada a pagar US$ 9 mi à ex-esposa traída.

Falando sério… Ganhar 9 milhões de dólares da amante do marido com base numa lei do final do século 19 é ou não é o negócio da China?

Tem coisa que só acontece nos Estados Unidos mesmo… Vários americanos votando juntos, é uma desgraça, pode ser um oscar ou a eleição de G. W. Bush…

PS: Mas deu vontade de propor uma traição de mentirinha a(o) companheira(o) pra ajeitar a vida, não deu não??