Simon e Garfunkel…

Ana estava se formando… Logicamente naquelas épocas, tinha já outras preocupações.

Eu de minha parte, tinha uma preocupação, dormir sempre no quarto dela, no colchão que colocava do lado da cama, pra adormecer com ela escutando “aquelas” músicas… Era uma fita cassete, que começava com “Terra” do Caetano, depois tinha uma overdose de Simon e Garfunkel, e acabava com alguma música do Sting.

Eu tinha mais ou menos a idade que Pepê tem hoje, e qual não foi minha surpresa ao descobrir que ela ia embora morar no Recife, na minha cabeça (até hoje), na casa de Tia Stela e Tio Louro. Eu tinha naquela época um tesouro de valor incalculável, eram cinco carrinhos do Snoopy:

Carrinhos do Snoopy

Eu dei um daqueles carrinhos a ela de presente, o amarelo do guincho.

E depois pedi o que pra mim era seu maior tesouro! =)
A fita com as músicas de dormir! Não, ela não me deu a dela, ao invés, compramos uma fita nova, e saímos, de casa em casa, buscando seus amigos, e gravamos uma fita nova, igual, pra mim. Foi essa mesma fita, que escutava sempre, quando papai ia me deixar ou buscar no colégio, o que acontecia com frequência, quando estudava no Redentorista, já anos mais tarde.

Então, também comecei a gravar fitas…