Os erros de arbitragem.

Pelo menos duas partidas importantes das oitavas de final da Copa do Mundo 2010 foram marcadas por erros de arbitragem. A partida da Alemanha e Inglaterra, e a da Argentina com o México.

Não fosse prejudicial por si só, esse tipo de erro na Copa é tanto pior pois desestabiliza o time que sofre o gol, é notável o abatimento dos times que levam o primeiro gol, tanto que há poucos casos de virada. Muito pelo contrário, geralmente o time que leva o gol geralmente tem que sair ao ataque e acaba levando outros.

No jogo com a Argentina, no primeiro gol marcado, Tevez estava em posição irregular, e no jogo com a Inglaterra, houve um gol inglês que não foi marcado e gerou controvésias, do meia Lampard, esse não foi erro, não foi gol mesmo, como mostra a figura:

Gol de Lampard
Gol de Lampard

Esse gol poderia mesmo mudar essa tal “história do jogo”. No jogo do Brasil e Costa do Marfim depois do lance do gol de Luis Fabiano, onde ele parecia jogar handebol, o gol foi validado, com a ajudinha do juiz…

A leitura labial do diálogo ocorrido logo após o lance do Luis Fabiano, entre ele e o juiz, é emblemática: