Friends…

Hoje eu acabei de ver Friends… A série acabou em 2004, e em algum lugar de 2013, eu voltei a assistir, devagarinho, cada um dos mais de 230 episódios, desde o primeiro. E agora, depois de dez anos do fim, finalmente eu vi tudo.

Rever Friends foi como reviver vários momentos, desde que comecei a usar internet, e Alberto falava da série, e eu conseguia fazer o download de algum capitulo perdido, ou então assistia no canal Warner de algum amigo ou familiar, desde que Lenio também indicou a série e depois foi morar nos EUA, e contava as histórias dele por lá. Já bem mais tarde, Luiz comprou os DVD’s de algumas temporadas, que eu gravei a contragosto de Izabella, para assistir com ela mesma. Depois Luiz montou o café, e casais formados, sempre haviam piadas com os personagens da série… Monica sobretudo.

Friends marcou uma época da minha vida, e eu nunca havia acabado de ver a série. Mesmo sabendo como acabaria, quando estava de passagem por alguma TV ligada, durante todo esse tempo, e passava algum capitulo que não tinha visto, não me detinha a assistir. Não porque não quisesse, que queria, mas por não querer saber mais nem um detalhe antes do tempo.

Durante esse tempo revendo a série, revivi vários momentos meus, ri pra caramba, chorei um um bocado também (é, eu perdi mesmo a vergonha, kkkkk), misturei a série com minha vida, como fazia com todo mundo antigamente, e essa parte creio eu, era a mais engraçada, e ninguém nem imagina como! Separava tudo de novo, só pra poder voltar a misturar…

No meio tempo, convenci uma amiga que não havia visto, a acompanhar, para estudar inglês. Assisti alguns com Monica ao cubo (sim, isso existe!). E finalmente fiz novas associações, não tão exatas como as de antes, mas bem legais também. Em 2014 fizeram dez anos do fim da série como já disse, e como foram dez temporadas, fizeram também 20 anos que começou a série. Nesses vinte anos mudou muita coisa na minha vida, como não poderia deixar de ser.

Poderia dizer que algumas coisas mudaram pra pior, outras pra melhor, mas é mais elegante dizer que apenas houveram as mudanças, e seguir em frente como os personagens dizem a Ross desde os primeiros capítulos. Algumas dessas mudanças, seja pelo motivo que for, ocorreram de forma mais espaçada no tempo, e não pareciam acabar.

Ver a portinha roxa do apartamento fechada, com a janelinha amarela, e todos saindo pela ultima vez pra ir ao Central Perk, fechou algumas portas e janelas pra mim também. Foi bom pra caramba acompanhar a série, rever, reviver, ressentir, cheiros, comportamentos, lugares e pessoas a cada vinte minutos de cada episódio.

Não importa se era mais um enlatado, vou ficar com muita saudade de Friends. E amanhã, sair pra tomar um café, mas agora sem Rachel, Monica, Ross, Chandler, Joey e Phoebe. Esses agora se juntam na minha imaginação, com outros personagens, e vão ficar ali guardadinhos, de vez em quando eu vou lá visitá-los, eles sempre vão me fazer recordar de outros tempos, mágicos, e fantásticos…

Comentários

Comentários