CQC quebrando o orgulho de ser nordestino?

Wilson Braga… Pelo que me lembro de política, ao menos a da Paraíba, foi político a vida toda.

O CQC, programa da rede Bandeirantes de televisão, começou a ser produzido há pelo menos dois anos, acredito eu. Está fazendo bem, por aqui, o que muitos programas já faziam pelo mundo afora. Destes o melhor talvez seja o The Daily Show.

O CQC começou colocando os políticos em saias curtas, nas quais eles caiam, não por serem políticos, desonestos ou qualquer outro lugar comum destes, mas apenas porque da forma como era montada a “pegadinha”, qualquer um cairia, eles apenas definiram muito bem o público alvo das brincadeiras, depois começaram a brincar mais sério, com doações que desapareciam e etc… Ganharam enfim, a antipatia dos políticos de forma geral.

Bom, o apresentador do Daily Show, Jon Stewart, certa vez foi a um programa de entrevistas na CNN (antes de falar brevemente sobre a entrevista, vale dizer que o programa que Stewart apresenta é no canal “Comedy Central“, que, como o nome sugere, tem a função de divertir). O programa consistia em dois apresentadores fazendo sucessivas perguntas ao entrevistado buscando colocá-lo em uma saia justa. Que Stewart seja um bom piadista em seu programa é de se esperar, ele está em casa, com seus redatores e o “ponto” em seu ouvido. Acontece que, com respostas como: “Se você quer comparar seu programa, com um programa de comédia, fique a vontade”, que fora de contexto pouco diz, mas dá uma noção do que aconteceu, e o que aconteceu foi que o programa da CNN foi cancelado meses depois… Se por causa dessa entrevista ou não, há controvérsias… (Entrevista completa: aqui, transcrita e com link pro vídeo, tudo em inglês). O que Jon Stewart fez foi dizer algumas verdades a CNN, na CNN…

Voltando pra Paraíba, Wilson Braga sabe que se trata de um programa de humor, não correu como fazem outros parlamentares, e por mais que queiram polemizar com ele, os humoristas não tem tanto espaço assim, porque, horas, Braga percebeu o ridículo que é ter medo de dar declarações a um programa humorístico. E deu, fazendo piada, com honestidade.

Infelizmente, outros políticos não percebem a mesma jogada, ou não percebem, ou são o próprio mote da piada, porque dão outros “motivos” para tanto. E quando a navalha é na carne, não se acha tão engraçado…