Cores de Salamanca.

Eu gosto alguma coisa de fotografia (mentira, eu gosto muito, mas devido a minha inépcia não posso ganhar a vida com isso, qualquer um pode seguir a academia, já o olho de um bom fotógrafo é bem mais difícil de encontrar)*, de qualquer maneira, ás vezes dou uma sortezinha, e as fotos ficam interessantes, é o máximo que se pode dizer delas, dizer que estão boas, já seria mentira demais pro meu ego suportar… =)

Essas dai são, uma no inverno, logo quando cheguei na cidade, e a outra, um dia desses, no mesmo lugar, mas com um enquadramento menos desajeitado. A primavera mostrando suas primeiras cores, tomara que eu me lembre de continuar a série mais adiante…

 

Em frente ao comedor Fray Luis de León
Calle Balmes 16/02/2009
Calle Balmes
Calle Balmes 31/03/2009

PS: Se fosse um blog de auto-ajuda agora eu podia dizer que dentro de um mês e meio sua vida pode se transformar e você pode cuidar do jardin, para que venham borboletas e blá, blá, blá… Acorde meu irmão, a coisa ta preta, e a tendência natural é ficar cada vez mais preta!! hehehehehehehe

* – Também sempre quis escrever (escrever de verdade), no que Luiz Carlos sempre foi meu grande incentivador, mais uma vez a inépcia e talvez até mais a preguiça, tenham sido barreiras intransponíveis… =)

One thought on “Cores de Salamanca.

  1. Nasce um poeta fotográfico primaveril!

    Mas, brincadeiras à parte, as mudanças de estações nessas plagas são belíssimas mesmo. Nitidamente perceptíveis.

Comments are closed.