As redes sociais…

As redes sociais são quase um divisor de águas na internet, na teoria, são uma coisa muito boa, pois seria elemento de união por interesse mútuo, assim sendo, deveria ser revolucionário, gente de todo lugar se inter-relacionando com base nos mais variados interesses… Ora, arte em geral, academia, enfim, a palavra é mesmo, revolucionário…

Não, não é… Acredito eu, por uma questão simples, são sociais, e se faz nela exatamente o que se faz em sociedade?! Mandam-se recados e vêem-se fotos para que se tenha “notícias” das pessoas, reproduzindo no computador o círculo social que se tem na vida real. Existindo então, uma grande coluna social online, onde cada um seria seu próprio colunista…

Mas não é o fim do mundo, há uma salvação, não se consegue (que eu tenha visto) criar uma rede social que dê certo e consiga fugir a essa armadilha, desde orkut no Brasil, a facebook internacional, todas fenecem pelas mesmas carências, no entanto se a galera já entra sabendo pra onde vai, então se torna menos agressivo o negócio, nisso se encaixa a LastFM, uma rede social direcionada para música, bom, vai haver ali quem goste de “axé” ou “reggaeton“,   porém são menos pessoas do que se imagina, já que o público na maioria dos casos não sabe ler e tem dificuldades para configurar o programinha da contagem estatística (maldade minha, claro!!).

E é isso que o LastFM faz, através de seu programinha de contagem, ele traça o seu perfil musical, você escolhe um tocador de MP3 (Winamp no meu caso), faz o donwload do programinha deles (o tal que vai contar as músicas que voce escuta), e depois da conta criada, voce vai acabar sabendo exatamente qual seu perfil musical (bom, pelo menos o seu perfil musical enquanto está a frente do computador), claro voce pode tentar enganar o programa e deixar o computador ligado tocando o velho Ludwig van, e Bach direto pra convencer a si próprio que gosta de música clássica, mas não vai durar muito se você não gostar, e na pior das hipóteses, você acaba gostando mesmo, olha que bom… hehehe

Então acabamos por ter uma rede social que funciona, bem, mais ou menos, afinal axé e reggaeton não são os únicos males do mundo da música, e eu pessoalmente gosto muito de alguns outros males, mas é reconfortante saber que ninguem é perfeito né!! =)