A verdade sobre os Casamentos.

Depois de alguns puxões de orelha, reclamações quase nativas(e muito atraso). Venho através deste post me retratar de meu romantismo e dizer a verdade sobre os casamentos, bom, na verdade, as pessoas se casam nessa época, pois tem férias (as férias de verão aqui são no meio do ano, e o ano letivo escolar começa em setembro, de forma que esse é o maior período de férias no ano e pode-se chamar os amigos para o casório), faz bom tempo, e tambem (mas acho que isso nem importa muito) porque alguns conseguem fazer uma manobra qualquer com o imposto de renda para pagar menos imposto casando-se nessa época.

Esse foi o ponto mais controverso do post anterior, afinal ninguem queria se casar no meio do ano por causa dos celtas, e talvez os celtas tambem tenham se casado pelo bom tempo, enfim… Acabando de vez com meu romantismo infantil, o povo se casa nessa época pra salvar alguma grana no meio do ano! =)

One thought on “A verdade sobre os Casamentos.

  1. Chega a razão, vai-se a poesia. O imposto de rende no lugar das tradições celtas. O tempo no lugar das tradições. As férias no lugar da tradição. Assim não tem graça.

    Casamento já é algo a ser superado, por inutilidade mesmo. Sem a poesia de um motivo místico e fantasioso fica pior ainda.

    – Casaste em junho, fulano?
    – Sim, casei em junho.
    – Ah, fulano, seguiste as tradições célticas!
    – Não, sicrano, obtive um abatimento no imposto de renda.
    – Por isso casaste, fulano?
    – Sim, ora, o imposto de renda e coisa e tal…
    – És uma besta, fulano. Escravo do casamento e do imposto de renda também.

Comments are closed.